PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 

Login

 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
Background
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 

Galeria PQN

 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
 
 
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
O ano já começou. É hora de executar planos PDF Imprimir E-mail
Kie Kume   
06-Fev-2017
Depois de recuperar as energias em janeiro, agora o ano começa para valer e é hora de colocar em execução os planos feitos na virada para 2017. Como deseja que sua vida esteja no final deste ano? Bom será se estiver regada por sentimentos de dever cumprido ou de prazer por vitórias alcançadas.

 
Comece a executar seus planos, usando bem o seu tempo para que nenhuma hora ou nenhuma oportunidade sejam perdidas. Já basta o tempo perdido quando, por fatores alheios à nossa vontade, como é o caso de uma crise econômica ou perda de emprego, não conseguimos cumprir nossas metas.
 

Planejar é criar um caminho para facilitar o alcance de um determinado objetivo. Antes de qualquer decisão, não abrace metas impossíveis, mas o que efetivamente pode conseguir, com muito trabalho e sacrifício. Ajuda muito refletir sobre o que não deu certo no ano passado e por quais motivos. Isso vale tanto para as conquistas no aprimoramento pessoal, como abandonar algum vício que esteja impedindo seu crescimento espiritual, quanto nos estudos, no trabalho, nos negócios e dentro da própria família. Passamos muito rápido pelo tempo. É preciso aproveitá-lo bem, sem desperdiçar oportunidades.
 

No plano espiritual, você pode definir mudanças de comportamento que vão deixá-lo mais realizado e mais feliz como ser humano. Mas, esteja consciente de que isso exige renúncias. “Ao seguir pela trilha do autoaprimoramento, você encontrará vários obstáculos bloqueando seu caminho”, nos lembra o autor e líder espiritual Ryuho Okawa em seu livro Trabalho e Amor (IRH Press do Brasil).
 

“Quanto mais seus objetivos forem elevados, abrangentes e profundos, mais você irá se deparar com uma resistência equivalente. Se não tiver força suficiente, descobrirá que, quanto mais elevada sua posição, quanto mais abrangente sua visão, quanto mais profunda a compreensão que almeja obter, maior a frequência com que será confrontado com a dor”, diz Okawa.
 

No plano material, procure mapear com objetividade suas fontes de renda, suas possibilidades de maiores ganhos ou de crescimento no emprego antes de assumir dívidas – até mesmo aquelas que contribuirão para concretizar os sonhos deste ano. Isso vale para o caso de abertura de um negócio próprio, para a compra de uma casa, para a troca de um carro, ou mesmo para fazer uma viagem ou organizar aquela tão sonhada festa de aniversário ou casamento. Esteja seguro do que vai fazer, evitando que sonhos de melhorias para você e sua família se transformem em pesadelo.
 

O caminho do bem e das conquistas exige desapego, determinação, espírito de sacrifício e dedicação constante. Nesta estrada, não há espaço para tíbios e preguiçosos. Ao contrário das ondas do mar, que pela força da natureza avançam sobre a praia e recuam logo depois, em repetitivo e infindável movimento, você deve sempre avançar.
 

Ainda em Trabalho e Amor, Okawa diz que “nós, humanos, temos coração e dentro dele reside uma força poderosa que chamamos de vontade. Somos capazes de decidir a direção que queremos tomar e, por meio do esforço, podemos lançar mão de nossas capacidades para conseguir isso. É o que torna os humanos tão grandes. Sem o poder dessa vontade seríamos incapazes de abrir um caminho para o nosso objetivo”.
 

O líder espiritual japonês nos lembra por fim que “a força de vontade pode ser aprimorada. Não é algo que a pessoa traga desde o nascimento. O poder espiritual pode ser cultivado. A vontade é o entusiasmo de alcançar as próprias metas, é um tipo de energia”.
 
 
Kie Kume é gerente da editora IRH Press do Brasil, que publica em português as obras de Ryuho Okawa. Um dos autores mais prestigiados no Japão, Okawa tem mais de 2.100 livros publicados, ultrapassando 100 milhões de cópias vendidas, em 28 idiomas. (www.irhpress.com.br)
 
< Anterior   Próximo >
 
 
 
 
Anuário PQN 2015
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
© 2017 PQN - O Portal da Comunicação
portalpqn@pqn.com.br Rua da Bahia, 1345 - Sl 909 - Lourdes - Belo Horizonte - MG - Tel.: 31 2127 4651
Design : StudentsDesign.de PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação