PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 

Login

 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
Background
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 

Galeria PQN

Ricardo Cardin
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
Petrobras Prêmio Jornalismo
 
 
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
MAESTRO MARCO ANTÔNIO MAIA DRUMOND CELEBRA SEU MILÉSIMO CONCERTO PDF Imprimir E-mail
PERSONAL PRESS   
07-Jun-2017
PERSONAL PRESS - 07/06/2017

Há 30 anos se dedicando como regente e diretor artístico da 
Orquestra de Câmara SESIMINAS, o maestro Marco Antônio Maia Drumond celebra, em concerto especial no dia 7 de junho, às 20h, no Teatro SESIMINAS, sua apresentação de número 1.000 à frente da Orquestra. Em suas três décadas de atuação, o maestro conduziu emocionantes apresentações e teve a oportunidade de reger o grupo em mais de cem municípios de Minas Gerais e em outros estados brasileiros. O concerto contará com a participação dos solistas Elias Barros, no violino, e Gabriel Faustino, no contrabaixo, ambos músicos da Orquestra. No repertório, obras de Mozart, Larsson, Piazzolla, Schubert e Kilar. Ingressos a R$ 30 (inteira) e R$ 15 (meia).

 

 

O concerto, da Temporada 2017, dentro da série “Sempre às Quartas”, integra as comemorações dos 70 anos do SESI MG.

 

Programa

O programa foi cuidadosamente escolhido pelo maestro Marco Antonio Maia Drumond e contém obras que ele considera importante no contexto e desenvolvimento da Orquestra de Câmara SESIMINAS.

Divertimento para cordas em Ré Maior (KV. 136), de Mozart, abre o programa. Esta peça faz parte do disco gravado pela Orquestra, em 1989, nos estúdios da Transamérica, na capital fluminense. E o resultado ficou tão bom que o maestro a colocou como abertura da mensagem de sua secretária eletrônica.

 

Na sequência, será executado o Concertino para Contrabaixo e Cordas, de autoria do compositor sueco do sec. XX Lars-Erik Larsson. O solo estará sob a responsabilidade do jovem contrabaixista da Orquestra, Gabriel Faustino. A escolha do maestro recaiu sobre ele por ser dotado de grande talento e musicalidade que, aliados à uma impecável técnica e um alto padrão de afinação, trarão ao público uma belíssima performance de uma obra muito pouco conhecida pelo público mineiro.

 

A primeira parte será encerrada com o tango La muerte del angel, do brilhante compositor argentino Astor Piazzolla.

 

A segunda parte será aberta com a execução do Rondó para Violino e Cordas, de Franz Schubert. O solista Elias Barros é o atual spalla da Orquestra de Câmara Sesiminas. Dono de grande conhecimento do repertório camerístico e com larga experiência no comando do seu naipe, Elias foi indicado para tocar uma obra de rara beleza. Schubert já está entre os preferidos do maestro e a obra entre as preferidas de Schubert. A soma do favoritismo da peça com o respeito que nutre pelo solista acabou por colocar a peça em destaque no programa.

 

Finalizando, o regente faz justa homenagem à Polônia, país que o acolheu tão bem em tempos de crise. Orawa, do compositor polonês Wojciech Kilar, morto em 2013, é uma das mais belas páginas da composição contemporânea daquele país.

 

Maestro Marco Antonio Maia Drumond     

     
Nascido em Belo Horizonte, Marco Antonio começou a estudar música, aos cinco anos de idade, com a educadora Célia Flores Nava. Em 1960, ingressou no curso fundamental de violino da Universidade Mineira de Arte – hoje, Escola de Música da Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) –, onde frequentou a classe do professor Gabor Buza. Em 1974, foi admitido no curso de graduação em Regência da Escola de Música da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), estudando sob a orientação do maestro Arthur Bosmans. Paralelamente, continuou o curso de violino com seu antigo professor.

       
Em 1981, obteve bolsa do governo polonês e seguiu para Varsóvia, onde realizou curso de pós-graduação em regência sinfônica e operística na Academia de Música Frederyk Chopin, estudando sob a orientação do maestro Henryk Czyz. Em 1983, em Weimar, frequentou curso de regência sinfônica com o maestro Kurt Mazur. De volta ao Brasil, assumiu, em 1986, a direção artística do Madrigal Renascentista e organizou a Orquestra de Câmara Sesiminas, da qual é regente até os dias hoje. Retornou à Polônia em duas oportunidades para dirigir orquestras como as Filarmônicas de Walbrzych (1986) e de Szczeczyn (1992).           

 

Orquestra de Câmara SESIMINAS

Com 30 anos de existência, a Orquestra de Câmara SESIMINAS foi fundada pelo Dr. Nansen Araújo, que foi presidente da FIEMG. Com o objetivo maior de garantir o acesso ao repertório camerístico de qualidade ao trabalhador da indústria mineira e seus dependentes, a Orquestra já conta com mais de 1100 concertos realizados em locais que vão de pátios de fábricas, passando por hospitais e escolas, chegando às melhores salas de concertos não só da capital, mas também do interior de Minas.

Em sua trajetória, a Orquestra de Câmara Sesiminas pôde atuar junto a solistas renomados como Nelson Freire, Antônio Menezes, Arthur Moreira Lima e Duo Assad. No campo da música popular, artistas como Milton Nascimento, Vander Lee, Maria Gadu, Diogo Nogueira, e grupos como Skank e Jota Quest também puderam integrar sua rica programação.

 

 

SERVIÇO

Orquestra de Câmara SESIMINAS

7 de junho (quarta-feira) – 20h

Teatro SESIMINAS - Rua Padre Marinho, 60 - Santa Efigênia – BH-MG

 

Programa

 

Primeira Parte

 

MOZART     Divertimento em Ré Maior (KV. 136)

LARSSON    Concertino op. 45:11 para Contrabaixo e Cordas

PIAZZOLLA  La muerte del angel

 

Intervalo

Segunda Parte

 

SCHUBERT   Rondo para violino e orquestra em Lá Maior (D. 438)

KILAR            Orawa

 

Maestro Marco Antônio Maia Drumond - Regente

 

 

Ingressos: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia)

Meia-entrada para estudantes e maiores de 60 anos, mediante comprovação.

20% de desconto sobre o valor da inteira mediante apresentação do crachá funcional, na bilheteria do teatro.

 

Ingressos à venda na bilheteria do Teatro SESIMINAS ou pelo site www.tudus.com.br

 

Informações: 3241-7181 / www.centroculturalsesiminasbh.com.br

 

Informações para imprensa:

Personal Press
Polliane Eliziário- 
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email  - (31) 99788-3029
Raquel Braga –
Este endereço de e-mail está protegido contra spam bots, pelo que o Javascript terá de estar activado para poder visualizar o endereço de email
– (31) 99548-9158

 

 
< Anterior   Próximo >
 
 
 
 
Presoti
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
© 2017 PQN - O Portal da Comunicação
portalpqn@pqn.com.br Rua da Bahia, 1345 - Sl 909 - Lourdes - Belo Horizonte - MG - Tel.: 31 2127 4651
Design : StudentsDesign.de PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação