PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 

Login

 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
Background
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 

Galeria PQN

Galeria1
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
ASSINE PQN
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
 
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
NO ANIVERSÁRIO DE OURO PRETO, O MUSEU DO ORATÓRIO OFERECE CONCERTO EM HOMENAGEM A PIXINGUINHA PDF Imprimir E-mail
CONVERSO COMUNICAÇÃO   
04-Jul-2017
CONVERSO COMUNICAÇÃO - 04/07/2017

A música toma conta do Museu do Oratório no dia 8 de julho, data em que Ouro Preto comemora a elevação do antigo povoado a Vila Rica, a segunda cidade instituída no estado de Minas Gerais. O 
Duo Cochichando, formado por Daniel Rodrigues Silveira (violão) e Márcio Lima (flauta)  apresenta-se pela primeira vez em concerto todo dedicado a Pixinguinha. A apresentação é na sede do Museu do Oratório (Adro do Carmo, 28 – Centro • Ouro Preto/MG), às 18h. A entrada é gratuita e a retirada dos ingressos pode ser feita a partir do dia 5 de julho, na sede do Museu.

 
O Duo Cochichando nasceu do encontro entre os grupos musicais Cachaça com Arnica e Bem Bolado, ambos atuantes na cidade de Itabirito/MG. A proposta de formação do duo de choro para homenagear Pixinguinha veio do convite de Potiguar de Castro, do Instituto Cultural Flávio Gutierrez. A apresentação de 8 de julho, no Museu do Oratório, é a primeira da dupla formada pelos músicos Márcio Lima (flauta) e Daniel Rodrigues (violão). “Tanto eu como o Daniel somos chorões. Quando surgiu o convite, pensamos em montar um repertório de choro de vários compositores. Mas quando fomos fazer a seleção vimos que a maioria das músicas eram de Pixinguinha. Assim, decidimos homenageá-lo executando apenas composições do mestre”, afirma Márcio Lima, que é maestro e professor do Coral Canto Crescente, do Museu do Oratório, desde a sua fundação, em 2012. Na apresentação, o DuoCochichando trará choros e valsas executados por flauta e violão. 
 

Pixinguinha nasceu no Rio de Janeiro, com pai e irmãos músicos. Desde cedo, trabalhou como músico em orquestras de cinema, ranchos carnavalescos, teatros de revista e casas noturnas. Foi maestro, flautista, saxofonista, compositor e arranjador. É considerado um dos maiores compositores da música popular brasileira. Suas obras mais conhecidas são Carinhoso, Lamentos, Rosa, Vou Vivendo, Naquele tempo. Foi responsável pela identidade do estilo musical choro. No dia 23 de abril é comemorado o Dia Nacional do Choro. Esta data era, até 2016, considerada como o nascimento de Pixinguinha. Posteriormente, foi descoberto que ele nasceu em 4 de maio de 1897. Porém, o Dia Nacional do Choro não mudou.
 
 
Os músicos

Daniel Rodrigues da Silveira é natural do Rio de Janeiro. Estudou nos cursos básico e técnico em violão na Escola de Música Villa Lobos - RJ. Foi professor e coordenador pedagógico no curso Elite Musical e, também, professor no Colégio e Curso Pensi, ambos no Rio de Janeiro. É violonista de 07 cordas no grupo Rio do Choro. Atua como professor particular de violão e, atualmente, é professor de música na Academia Libre Cantare, em Itabirito/MG.
 

Márcio Lima de Carvalho Souza (Fuim) nasceu em Itabirito/MG. Filho de músicos, iniciou seus estudos aos 10 anos, no coral Canarinhos de Itabirito. Estudou flauta Doce e Transversal, na Escola Pe. Xavier, na Fundação Clóvis Salgado, na Fuma - Universidade Mineira de Artes Aleijadinho e na Fundação de Educação Artística. Em 2003, graduou-se em Educação Musical pela UFOP, onde foi um dos fundadores do extinto Grupo Trilos e da Orquestra Experimental da UFOP (atualmente "Orquestra Ouro Preto), a convite de seu idealizador Rufo Herrera. É fundador e instrumentista do Grupo de Samba e Chorinho Cachaça com Arnica. Atualmente, é professor de flauta doce no CRAS de Itabirito e professor e maestro do Coral Canto Crescente – Coral do Museu do Oratório de Ouro Preto.


 
Serviço
Concerto com Duo Cochichando
Dia: 8 de julho, sábado
Horário: 18h
Local: Museu do Oratório – Adro da Igreja do Carmo, 28 - Ouro Preto.
Entrada gratuita. A retirada do ingresso pode ser feita a partir do dia 05 de julho, na sede do Museu do Oratório.
 

Assessoria de Imprensa:
Converso Comunicação - (31) 3551-0618
Aline Monteiro: (31) 99347-2319

 
< Anterior   Próximo >
 
 
 
 
Presoti
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
© 2017 PQN - O Portal da Comunicação
portalpqn@pqn.com.br Rua da Bahia, 1345 - Sl 909 - Lourdes - Belo Horizonte - MG - Tel.: 31 2127 4651
Design : StudentsDesign.de PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação