PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 

Login

 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
Pessoa
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 

Galeria PQN

Galeria1
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
 
 
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
Pet Friendly: hotéis abrem as portas para os animais de estimação e atraem turistas PDF Imprimir E-mail
Da redação   
05-Jan-2018
Em muitas casas, os animais, mais do que melhores amigos, são considerados membros da família. A decisão de cria-los passa pelo entendimento de que a presença deles é desejada e será duradora. Por isso, a atenção e o cuidado deverão ser constantes e diários.

Neste sentido, quando há uma quebra na rotina – como as viagens de férias e finais de semana prolongados –, vem a difícil decisão: onde deixá-los? Entre as opções estão a casa de parentes ou amigos, os hotéis especializados e até mesmo algumas clínicas veterinárias com serviços especiais. Mas todas são opções que distanciam o pet do programa de lazer da família. E, por isso mesmo, algumas pessoas acabam desistindo da viagem.


De acordo com pesquisa feita pelo IBGE em 2013 e que deve ter uma nova edição em 2018 (é realizada a cada cinco anos), o Brasil é o quarto país com mais animais domésticos, sendo mais de 52 milhões de cães, o equivalente a 44,3% dos domicílios brasileiros – número maior que o de crianças de até 14 anos. Toda essa demanda fez com que alguns estabelecimentos começassem a incluir os animais em seus ambientes, permitindo a entrada e criando espaços especiais, são os chamados locais pet friendly.


Entre os que aderiram ao universo, a indústria hoteleira é destaque, não só no Brasil, mas no mundo. Os Nobu Hotel Miami Beach e Eden Roc Miami Beach Resort, que ficam em Miami, nos Estados Unidos, são exemplos de hotéis pet friendly, permitindo que dono e animal possam viajar juntos. Os empreendimentos ficam lado a lado em Miami e formam o terceiro maior complexo hoteleiro da região. Ambos estão em frente ao mar e contam com estrutura integrada por piscinas, academia e salão de beleza, além de bares e restaurantes. Mais informações sobre reserva, estruturas e serviços estão disponíveis em ww.rcdhotels.com.


Outro exemplo de hotel que adora receber os amigos de quatro patas é o B&B Hotel São José dos Campos, localizado no interior de São Paulo. Quem se hospeda na unidade pode estar acompanhado de seu pet durante toda a estadia, bastando informar a recepção do hotel antecipadamente e consultar as políticas com o staff. A ideia é fazer com que não só o hóspede, mas também seu animal de estimação tenha uma experiência diferente durante a hospedagem. As dúvidas podem ser esclarecidas por telefone (12) 3925-5500 e reservas estão disponíveis em http://www.hotelbb.com.br/


Cuidados especiais

Antes de viajar com o animal de estimação, é importante seguir alguns cuidados. Primeiro, é necessário acostumar o animal com a caixa de transporte, para que ele não estranhe muito o espaço. Deve-se também dar comida e água e deixar que eles façam suas necessidades antes de sair de casa. É imprescindível que a vacinação esteja em dia, principalmente a antirrábica.


O uso de medicamentos calmantes só é aconselhável se for instrução do veterinário, medicar o animal sem consentimento médico pode fazer mal para ele.


Cada companhia aérea tem uma regra diferente para o transporte de animais. No geral, eles podem ser aceitos na cabine de passageiros ou junto das malas, em um local preparado para receber as caixas de transporte. Para viajar com animais nos aviões é necessário fazer reserva com antecedência e pagar uma taxa.Também é importante ficar atento às regras dos países de destino.

 
< Anterior   Próximo >
 
 
 
 
 
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
© 2018 PQN - O Portal da Comunicação
Enviar Whatsapp Enviar Email Praça Raul Soares, 8 Sl 1201 - Centro - CEP 30180-030 - Belo Horizonte - MG - Tel.: 31 2127 4651
Design : StudentsDesign.de PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação
 
PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação PQN - O Portal da Comunicação